Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Santo Agostinho

“Há atracção num corpo belo, no ouro, na prata e em coisas similares. A sintonia da carne com o que toca é importante para o tacto; da mesma forma, os outros sentidos são estimulados pelo objecto. Mesmo as honras do mundo e o poder de dominar têm sua dignidade, ainda que proveniente do desejo de vingança. Todavia, para conseguir tudo isso não é preciso afastar-se de ti, Senhor, nem desviar-se de tua lei. A vida deste mundo tem seu fascínio, tecido pelo liame que cria com todas as pequenas coisas belas”.
Santo Agostinho (354-430)
 

Ill-Matched Lovers, by Quentin Massys

3 comentários:

  1. A deusificação do intangível não prescinde (contraditoriamente) da matéria!

    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. Santo Agostinho é sempre uma excelente leitura.

    ResponderEliminar
  3. Obrigada a ambos, A.R. e MFC, pela visita e comentários sempre preciosos!

    ResponderEliminar