Pesquisar neste blogue

terça-feira, 19 de junho de 2012

recado


"Havia um muro alto entre nossas casas. Difícil mandar recado para ela. Não havia e-mail. O pai era uma onça. A gente amarrava o bilhete numa pedra presa por um cordão E pinchava a pedra no quintal da casa dela. Se a namorada respondesse pela mesma pedra Era uma glória! Mas por vezes o bilhete enganchava nos galhos da goiabeira E então era agonia. No tempo da onça era assim."

  manoel de barros

1 comentário:

  1. Todos esses engulhos permanecem.... apesar de não serem já goiabeiras!

    ResponderEliminar