Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

os comboios escrevem a vida

"Agora, já não há comboios como os de antigamente, mas quando os havia com wagons-lits e wagons-restaurants, nem muito lentos nem muito rápidos, lugar mágico para todos os encontros e todos os desencontros, que melhor podia haver para uma viagem do que comboio? Talvez um navio - e os primeiros comboios eram navios com rodas e sem mastros, obrigados aos carris e abrigados dos ventos."



"Nos comboios, cabe a vida inteira e ainda sobeja vida."

"Tal como se diz que há pessoas-gato e pessoas-cão, eu acho que há [...] pessoas-avião e pessoas-comboio."

as palavras são de Bénard da Costa



7 comentários:

  1. O automóvel é a forma mais prática de viajar mas o combóio continua a ser a mais encantadora.

    ResponderEliminar
  2. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Concordo inteiramente, Júlia. Num avião, uma pessoa desloca-se; num comboio, já viaja. :-)

    ResponderEliminar
  4. Fui um viajante de muitos comboios, alguns de linhas (ou memórias?)que desapareceram

    ResponderEliminar
  5. pois há...

    tantas viagens deliciosas que fiz de comboio, até um inter-rail em 1985...

    ResponderEliminar
  6. Lembro-me das viagens de comboio, quando miúdo, por essa província dos anos 60, cheia de gente e de vida, e quando todos cá estavam e era tudo tão belo...

    ResponderEliminar