Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Camoneana

mudam-se os tempos
não se mudam as vontades 

Miniatura anónima  du do Séc XV




9 comentários:

  1. Ainda bem que há vontades que não mudam, Júlia. ;-)

    ResponderEliminar
  2. com efeito, Mike, este foi o erro de Camões! -))

    beijinho

    ResponderEliminar
  3. CM, achei graça, porque é do Sec XV, mulher avançada, esta, mas errada, no sentido de que quanto mais me agarras mais eu te fujo, diz o ditado -)))

    ResponderEliminar
  4. Coitada, ela estava a agarrar o que podia...

    ResponderEliminar
  5. Valha-nos o que resta!... Que os tempos continuem a mudar e que a vontade nunca seja demais!... Ainda que alguém um dia dirá, cehio de vontade: -Velhos tempos!....




    Bom fim de semana



    Escolha entre... beijos e abraços

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar