Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Uma Paixão



Visita-me enquanto não envelheço

toma estas palavras cheias de medo e surpreende-me

com teu rosto de Modigliani suicidado

tenho uma varanda ampla cheia de malvas

e o marulhar das noites povoadas de peixes voadores

vem

ver-me antes que a bruma contamine os alicerces

as pedras nacaradas deste vulcão a lava do desejo

subindo à boca sulfurosa dos espelhos

vem

antes que desperte em mim o grito

de alguma terna Jeanne Hébuterne a paixão

derrama-se quando tua ausência se prende às veias

prontas a esvaziarem-se do rubro ouro

perco-te no sono das marítimas paisagens

estas feridas de barro e quartzo

os olhos escancarados para a infindável água

vem

com teu sabor de açúcar queimado em redor da noite

sonhar perto do coração que não sabe como tocar-te


Al Berto

10 comentários:

  1. muito quente realmente Hot!
    uma delicia suas palavras excitam!!!

    ResponderEliminar
  2. Não são minhas as palavras, Mateus,são de um poeta português :-
    )

    ResponderEliminar
  3. Alda :-), lembrei,sim :-) mas o poema não foi extraído do livro que falamos. Se clicar na Tag do poeta, acho que haverá mais dele por aqui.

    ResponderEliminar
  4. Reentrada de grande impacto, Júlia. Espero que para continuar.
    Um beijo. :-)
    P.S.: Recuperada?

    ResponderEliminar
  5. Belo poema de Alberto Raposo com a suavidade que os sentidos da vida nos permitem viver.

    ResponderEliminar
  6. Eu fico feliz por tê-la de volta, menina Júlia. :)
    Só achei um bocado confuso este texto que nos fala de paixão. Lá está, falta-me sensibilidade para estas coisas... ;)
    Vamos lá ao que interessa: e melhorou? :)

    ResponderEliminar
  7. Vem, antes que seja tarde...

    Esta "história" de adiarmos o futuro, pensando que "ele" espera por nós, é um erro dramático. Que praticamos!

    ResponderEliminar
  8. Olá
    Conheci este blog através do da Maria de São Pedro.
    Adorei este poema.
    É quente... envolvente... ardente...
    Só me apetece viver uma intensa paixão e impôr o desejo de ser amada antes de envelhecer...
    mais uma vez...
    bj
    maria moura

    ResponderEliminar