Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 22 de junho de 2009

OS PASSOS PERDIDOS


Antes foi uma luz
na minha linguagem nascida
a poucos passos do amor.

Noite aberta. Noite presença.

***

LOS PASOS PERDIDOS

Antes fue una luz
en mi lenguaje nacido
a pocos pasos del amor.

Noche abierta. Noche presencia.


Alexandra Pizarnic

Foto do Mestre de "Escrever com Côr"

6 comentários:

  1. Júlia, preciso da sua ajuda. Dou passos para a frente e para trás e olhe, são passos perdidos. Definitivamente a poesia não é coisa para este seu humilde e fiel comentador. Ora bolas! :(

    ResponderEliminar
  2. E porque nunca mais trouxe para aqui o nosso querido Mário Quintana? :(

    ResponderEliminar
  3. Dois amantes felizes não têm fim nem morte
    Pablo Neruda

    Dois amantes felizes não têm fim nem morte,
    nascem e morrem tanta vez enquanto vivem,... Ler mais
    são eternos como é a natureza.

    Bjooo Gaby

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar