Pesquisar neste blogue

sábado, 7 de março de 2009

Urgência

Não quererás o fácil, mas somente
o que não podes atingir.
Apenas o impossivel é urgente:
tudo o mais há-de vir
por acréscimo ou simples acidente.

Não sonharás senão com o que está
para além de todo o sonho:
por mais absurdo e medonho,
só é real o que não há.


Papiro Editora, 2008

6 comentários:

  1. Hoje é um dia privilegiado, no que respeita a pedaços de escrita e imagens, querida Júlia.
    Gostei muito, outra vez.
    :-)

    ResponderEliminar
  2. este poema faz-me lembrar Pessoa no livro o Privilégio dos Caminhos "amar é querer e não querer".
    beijo e bem querer, Fugi :-)

    ResponderEliminar
  3. Este poema, que acho muito bem escrito, relembra-e uma realidade muito minha: definitivamente sou avesso à poesia. :(

    ResponderEliminar
  4. Poema Para o Dia Internacional da Mulher


    C O N T R A S T E S


    Para Julia Maria Lopes, Portugal, Terra-Mãe

    Entrar na vida de um homem
    Significa conflitos
    Cada um é seu próprio ilhar-se
    Em contrastes e ritos

    A mulher na vida de um homem
    É a recriação do impossível que existe
    Tornar a pedra NUVEM
    Cortar o cordão umbilical dele com o triste

    Entrar na vida de um homem
    É decifrá-lo pro íntimo compromisso
    Guardar o segredo dessa revelação
    E fazer parte da soma ou ausência disso

    A mulher na vida do homem
    É remo, asa, prumo – risco e idílio
    Sabe-o como frágil e simples
    E precisa descer para buscá-lo em seu solitário exílio

    ........................................................................................

    Assim, homens e mulheres perseguem
    O deserto de cada um – Para convívio trauma ou brilho

    O homem de si mesmo um viveiro de contrastes
    A Mulher, sua tecelã do Filho!

    -0-

    Poeta Silas Correa Leite – Estância Boêmia de Itararé, São Paulo, Brasil
    E-mail: poesilas@terra.com.br
    Site: www.itarare.com.br/silas.htm
    Blogue: www.portas-lapsos.zip.net

    ResponderEliminar
  5. "Amar é querer e não querer"...

    Sempre me marcou esta frase.

    Não é o sonho que é fascinante, é o caminho que percorremos na sua busca que nos atrai. Uma vez lá chegados, se é que se chega alguma vez, tudo perde a sua beleza. Amamos o desconhecido...

    ResponderEliminar