Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 11 de março de 2009

Sobre as Roupas

The Shame, Bogdan Zwir

**
E o tecelão disse, Fala-nos das Roupas.
E ele respondeu:
As vossas roupas ocultam muita da vossa beleza, no entanto não ocultam a
fealdade.
E embora procureis no vestuário a liberdade da privacidade, podereis
encontrar nele grilhetas.
Pudesseis vós enfrentar o sol e o vento com mais pele e menos vestuário.
Pois o sopro da vida está na luz do sol e a mão da vida, no vento.
Alguns de vós dizeis, "Foi o vento do norte que teceu as roupas que
vestimos."
E eu digo, ah, sim, foi o vento do norte, mas a vergonha era o seu ofício e o
amolecimento dos tendões o seu tear.
E depois de acabar o seu trabalho foi-se rir para a floresta.
27
Não esqueçais que a modéstia é um escudo contra o olho do impuro.
E quando o impuro deixar de o ser, que será a modéstia senão um entrave do
espírito?
E não vos esqueçais que a terra adora sentir os vossos pés nus, e os ventos
anseiam por brincar com os vossos cabelos.
***
Khalil Gibran, in O Profeta

11 comentários:

  1. Gosto imenso das fotografias de Bogdan Zwir e esta é espectacular.

    Brincando com o texto, por verdadeiro e belo demais,
    isso só no verão!!!

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Mais uma vez, uma perfeita conjugação de imagem e palavras.

    Muitos bonitos estes seus posts: e este deixa-me mais serena para escolher a roupa que vou vestir a seguir ;-)

    ResponderEliminar
  3. A terra adora sentir os pés nus e os ventos anseiam por brincar com os cabelos... e com o resto. (risos)
    Acho que neste post há roupa a mais, Júlia. Não acha? (mais risos)

    ResponderEliminar
  4. Até que enfim, que algo me é familiar aqui...Estava a começar a sentir-me mesmo muito mal!

    E lembrei-me do Papalagui...do livro, quando Tiavéa falas das nossas roupas...

    Olha...Vou ler o "O Louco" outra vez! Ainda bem que aqui vim.
    Agradeço-te JÚLIA ML!

    ResponderEliminar
  5. estava ansiosa por colocá-la, Minucha.

    hoje esteve cá um calor! ;-)

    ResponderEliminar
  6. Querida Fugi, não aconselho, o Mike está à coca :-))

    obrigada ,amiga!

    ResponderEliminar
  7. Mister, não se ponha com ideias, não vale a pena, hoje nem é 2ª feira!!

    Faltam-lhe as meias, Mike :-P

    ResponderEliminar
  8. Obrigada, Querido Lorenzo, o Poeta do Amor já cá foi postado várias vezes.
    A propósito, há na web PDF dos livros dele. se não encontrar, eu enviar-lhe-ei!

    obrigada

    ResponderEliminar
  9. Pode, por favor, tratar-me por tu?

    Hum...Vou procurar. Se não encontrar, melgo-a!

    Agradecido.

    Sou frequentador do seu espaço há relativamente pouco tempo...

    ResponderEliminar
  10. Lorenzo, nas Etiquetas, barra lateral,ao fundo, no nome do autor.:-)
    Eu envio-lhe os PDF's,mas não hoje, que estou cansada.

    Posso, se assim o quisereS,embora eu tenha certos handicaps ,farei um esforço :-)

    ResponderEliminar
  11. Então não se preocupe. Não precisa de se esgotar com uma coisa que eu resolvo. :) Mas, agradeço-lhe do fundo do coração, essa disponibilidade!

    Descanse. E sim. Os arquivos...Eu sou distraído! Só um pouco...

    Descanse bem e uma noite tranquila para si.

    Trate-me por Tu. Vai ver que vai ser fácil...

    ResponderEliminar