Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Menino Deus



Menino Deus, um corpo azul-dourado
Um porto alegre é bem mais que um seguro
Na rota das nossas viagens no escuro
Menino Deus, quando tua luz se acenda
A minha voz comporá tua lenda
E por um momento haverá mais futuro do que jamais houve
Mas ouve a nossa harmonia
A eletricidade ligada no dia
Em que brilharias por sobre a cidade

Menino Deus, quando a flor do teu sexo
Abrir as pétalas para o universo
E então, por um lapso, se encontrar no anexo
Ligando os breus, dando sentido aos mundos
E aos corações sentimentos profundos de terna alegria no dia
Do menino Deus
Do menino Deus
Do menino Deus
No dia do menino Deus

Esta vai para o CM, com desejos de que o Menino lhe conceda todos os sonhos

ADENDA: Soube que é o seu aniversário hoje. Parabéns e que se repitam sempre na nossa companhia!

2 comentários:

  1. Querida Amiga Júlia, muito lhe agradeço este seu gesto e mimo; este nosso pequeno círculo de amigos é tão importante! Sobretudo nos dias de hoje, onde há tanta falta de solidariedade, de amor, de amizade, de carinho, de ternura, de sinceridade nas relações!

    Todos não somos demais para fazermos uma muralha contra o egoísmo e a indiferença!

    Muito penhorado e comovido

    CM

    ResponderEliminar