Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Loucos de Lisboa

11 comentários:

  1. Não é só uma frase feita dizer que todos temos um pouco de " loucura"- ainda bem ! Às vezes lamento não ter um bocadinho mais...

    ResponderEliminar
  2. eu acho que a Cristina é muito comportadinha, é verdade. :-)

    eu já tive as minhas loucuras e algumas delas sairam-me caras.

    ResponderEliminar
  3. Só em casa posso ver os vídeos.
    Gosto muito dos loucos de Lisboa!
    :-)))

    ResponderEliminar
  4. Fugi, deturparam a ideia, comediando-a , mas eu achei graça. vale para os loucos deste tempo, incluindo do Porto. Tamb´m gosto muito da musica.
    estava para ir a Lisboa este fim de semana,mas parece-me que já nao irei.

    ResponderEliminar
  5. Pois, Júlia, quando me dei ao "luxo" de cometer uma loucura sem me impedir de nada, o saldo também foi bem negro, e como " casa roubada, trancas à porta" :)

    ResponderEliminar
  6. pior, Cristina é que pagará sempre quem não terá culpa de nada...acho isso aflitivamente injusto :-)

    ResponderEliminar
  7. E,Júlia, além dessa injustiça- concordo- é o não me permitir loucuras que até sei poderem ser bem saudáveis :)

    ResponderEliminar
  8. As meninas estão aí na conversa de loucuras
    mas mesmo pagando, sem elas não consigo viver.
    gargalhada!!!!
    Viva a loucura!!!!

    os Loucos de Lisboa...também gosto muito
    faço parte

    ResponderEliminar
  9. Mas a Vossa é, estou certo, a Loucura normal, como dizia o outro.
    Quanto ao protagonista do clip, com aquela geringonça na orelha, nem se pode dizer que "não lhe liguem".
    Beijinho, Querida Júlia

    ResponderEliminar
  10. Querido Paulo, a geringonça todo o tempo na orelha dá razão à sua tese - risos

    ResponderEliminar