Pesquisar neste blogue

sábado, 18 de outubro de 2008

Não te cabem as Asas

Asas demasiado grandes para espaços tão pequenos.
Não preciso acrescentar mais nada, o importante já foi dito aqui.

4 comentários:

  1. Querida Júlia,
    as asas deste pobre sujeito são os Seus Olhos tão Amigos.
    Beijo reconhecido, Querida Amiga

    ResponderEliminar
  2. Querido Paulo,

    Não sou só eu que assim penso. Não se substime nem substime os que o admiram.

    xi-coração

    ResponderEliminar