Pesquisar neste blogue

domingo, 26 de outubro de 2008

A MISSA DOS INOCENTES



Que conversarão eles?Gosto de imaginar que Quintana diria por exemplo, hoje, isto:

***
"Se não fora abusar da paciência divina
Eu mandaria rezar missa pelos poemas
que não conseguiram ir além
da terceira ou quarta linha..."

Mário Quintana
***
Foto: Estátua dos Poetas Mario Quintana e Drummond em Porto Alegre,
sentados num banco da praça
( autores Francisco Stockinger e Eloisa Treguajo - 2001 )

20 comentários:

  1. Brilhante. O Mário Quintana, sobre quem postarei um dia destes, é o verdadeiro desconversador-mor. :-)

    ResponderEliminar
  2. júliaml,
    paz para tais poemas inacabados, incompletos, desistidos...O criador certamente abençoará tais linhas, linhas de começo sem fim...
    bom domingo

    ResponderEliminar
  3. :-)

    concordo consigo, às ezes os poemas inacabados são os mais belos!

    bom domingo

    ResponderEliminar
  4. Outra a concordar. São as tais sinfonias ditas incompletas, mas cheias de sons celestiais.

    ResponderEliminar
  5. Eu não concordo. As coisas que se começam devem acabar-se. Senão ficam gavetas mal fechadas... e depois os poetas dão em malucos.
    :-)

    ResponderEliminar
  6. pois são,Cristina!Esses sons é que nos ficam no ouido e na memória :-)

    ResponderEliminar
  7. Mike, o menino, não entende destas coisas. esqueceu que não gosta de poesia? E como se não bastasse, ainda é virtual?

    ResponderEliminar
  8. Mister, as gavetas mal fechadas não se aplicam aos poemas (e mais umas outras coisinhas...)
    :-p

    ResponderEliminar
  9. Ah, não fora abusar da paciência das meninas, tão agradáveis companhias, e ficaria o resto da noite a abrir e a fechar gavetas, desarrumando-lhes os seus interiores para além do que a paciência divina pudesse sonhar...

    ResponderEliminar
  10. querido Mike, pel'amor dos deuses, não me diga que nos quer ir às gavetas!!! falta de hummm

    a invasão da privacidade é um crime!!

    ResponderEliminar
  11. Alguém que me mostre com quantas linhas se faz um poema. Há dísticos que valem mais do que epopeias completas.
    Beijinho, Querida Júlia

    ResponderEliminar
  12. Drummond, Quintana. E uma brasileira italianada encantada com este espaço.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  13. é isso,Paulo. eu tenho poemas só com dois versos!

    ResponderEliminar
  14. Querida Marie, foi uma amiga virtual que me deu a conhecer Quintana há uns anos. fiquei a adorar o Anjo Poeta!

    ResponderEliminar
  15. linda, essa frase. nunca tinha pensado nisso,a vida é incompleta,sim!...

    ResponderEliminar
  16. Ó Júlia, a privacidade fez-se, também, para ser invadida... qual crime, qual carapuça... (risota)
    p.s. - não é tomada, é invadida... ;-)

    ResponderEliminar