Pesquisar neste blogue

sábado, 20 de setembro de 2008

Em que cidade fica esta Avenida?

Posted by Picasa
Esta Avenida foi uma das passerelles da minha adoslescência.
por aqui passeei de mão dada com o primeiro amor, me diverti com os amigos, nas Festas da Sra. dos Remédios no tempo em que todos os Setembros eram de brincar.

palco da minha vida, onde também o coração do meu pai deixou de bater.
Ali, exactamente no lugar onde o autocarro vai a passar.
- É verdade, amigos, é Lamego, está lá em cima a Sra. dos Remédios a dizer.

18 comentários:

  1. Ora, é em Lamego. Onde mais poderia ser? :-)

    ResponderEliminar
  2. Mike, nesta cidade é que nuncca ouvi apitar o combóio, valha-me Deus...:-P

    ResponderEliminar
  3. Querida Júlia,
    num mesmo lugar a concentração das alegrias extremas do descuido, como ds desgostos que extremam os cuidados é não pequena condensação de uma Vida.

    Se quer um comentário mais jocoso, diria que imaginá-La apetecivelmente namoradeira, com as belas pernas que já nos foram enunciadas, não podia ser mais apropriado, tratando-se da Cidade de célebres presuntos...
    Não me rife. É piropo desajeitado, mas bem intencionado e verdadeiro.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Presuntos, Paulo?????
    As coisas que eu venho ler aqui! lol

    ResponderEliminar
  5. Ana, ainda bem que apareces, uma pessoa está sujeita a cada uma!!

    Presuntos, ainda por cima de Lamego, moles...pft

    ResponderEliminar
  6. Sr. da Eira Velha,

    É Lamego, claro. Lá como cá, as portas são abertas a quem vier por bem.

    obrigada pela visita.

    ResponderEliminar
  7. Presuntos? Aqueles pezinhos da Júlia? Ai o Paulo... não merecerá uma reprimendazinha? (LOL..).

    ResponderEliminar
  8. o Paulo,CM, desde que virou cortafiteiro perdeu o savoir-faire.
    Ao invés de dizer que o cheiro a jasmim dos meu pés lhe chegava a Cascais, não senhor..
    já não há homens como antigamente..

    (riso desapontado, pois claro )

    ResponderEliminar
  9. Depois destes comentários todos, até me parece Lamego.
    Já não vou lá há cerca de 8 anos.
    Já subi aquela escadaria toda, (por aposta!!!), não sei quantos degraus, levava na mão a tabuada, para ir fazendo contas.
    Mais de 100, eram ... de cada vez.
    palavra que não recordo, mas eram mais de 650.
    Ah! Subi e com uma garrafa de água de 1,5 L e umas bolas, ("bôlas") de bacalhau, carne, sardinhas e não sei que mais, eram 4 tipos ... se soubesse, bem tinha levado um garrafão, que os mais novos, além de bolhas nos pés, demoraram uma eternidade, para descerem tiveram que ser ajudados.
    Subir é difícil, mas descer não é nenhuma pêra doce.

    Sei de quem começou a namorar cá em baixo e chegou lá acima já grávida de 2 meses ...
    Só para ver o tempo que algumas pessoas demoram.

    Nunca fui ás Festas.
    Aliás, até fujo delas, não as de Lamego, mas todas em geral.
    Até as que fazem aqui quase á minha porta.
    Só mesmo as de dentro de casa, da minha parceira, que até adormecei á minha espera.
    Gostei da cidade que estava muito arranjada, para quem não ia lá há mais de 40 anos...

    ResponderEliminar
  10. Ena, eu não pronuncio sobre o que nunca vi. (riso abafado)
    A dona do blog é uma senhora recatada e mesmo quando anuncia o perfil completo, apenas nos deixa com uns lindos olhos. Apenas? Ah Mike, que ingratidão. :-)

    ResponderEliminar
  11. José Torres,

    As bolas de Lamego já só ´há duas casas que fazem a diferente e genuina bola de Lamego...As outras casas, fazem arremedos tão maus quanto o são os "lanches" que por cá comemos.

    A escadaria, subi-a vezes sem conta. LEmbro que numa visita às Caves Raposeira com as freiras do Imaculada Conceição, desci a trocar o asso. Eu e a Gabi, leitora deste blog.

    ResponderEliminar
  12. por este andar ainda vos trucido a todos, Mister :-(

    ResponderEliminar
  13. Rapazes, o que precisamos fazer para que isso aconteça? (gargalhada).
    É que nós gostamos de a ver com humor (mesmo o cáustico). :-)

    ResponderEliminar